Gerador CPF


Gere números de CPF válidos com a ferramenta gratuita da Osruc. Veja que o nosso gerador disponibiliza duas formas de criação de CPF:

  1. Com pontuação (XXX.XXX.XXR-VW)
  2. Sem pontuação (apenas números).


Gerar CPF



IMPORTANTE: Este gerador de CPF tem um único intuito de auxiliar estudantes e desenvolvedores a criarem CPFs válidos para teste de sistemas. A má utilização dos dados aqui gerados é de total responsabilidade do usuário. 

Como usar o gerador CPF?

Para você gerar CPF clique em uma das opções abaixo:

Com pontuação

Clique no botão Gerar CPF para o programa criar um número aleatório válido no formato XXX.XXX.XXR-VW. Após gerado, copie o CPF criado na caixa de texto.

Sem pontuação

Clique no botão Gerar CPF sem pontuação para o programa gerar um número aleatório no formato XXXXXXXXRVW válido. Depois que o sistema criar, copie o CPF gerado na caixa de texto.

O que é um CPF?

O Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) é um número armazenado no banco de dados da Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, que mantém informações cadastrais de contribuintes obrigados ou voluntários à inscrição do CPF.

O que é um gerador de CPF?

Gerador CPF é um conjunto de instruções que consegue criar um CPF válido seguindo as regras de geração definidas para esse número em menos de  1 segundo. 

Qual o padrão da formatação?

O número de CPF obedece a seguinte formatação:

XXX.XXX.XXR-VW

Onde:

  • X é um número atribuído pela Receita Federal do Brasil no ato de sua criação
  • R é um número que representa a região fiscal da criação
  • V é um número que verifica a validade dos outros nove primeiros números
  • W é um número verificador dos nove números anteriores a ele 

Como é formado um CPF?

Um número de CPF é formado por 4 partes seguindo o padrão apresentado anteriormente, XXX.XXX.XXR-VW.

As regras para os números em X, primeira parte, são de responsabilidade da Receita Federal, mas as das outras 3 partes podemos gerar seguindo algumas regras.

O R representa onde o número do CPF foi inscrito e respeita as localidades abaixo:

DígitoLocal
1Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul e Tocantins
2Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima
3Ceará, Maranhão e Piauí
4Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas
5Bahia e Sergipe
6Minas Gerais
7Rio de Janeiro e Espírito Santo
8São Paulo
9Paraná e Santa Catarina
0Rio Grande do Sul

A parte VW são números que verificam a validade de toda cadeia numérica do CPF. O digito V valida a sequencia dos 9 primeiros dígitos, que são os números representados pelos X.

O cálculo de VW é feito da seguinte maneira, observe o número aleatório: 410.396.173-28, onde V é o número 2 e W é o número 8.

Antes de calcularmos VW, observe o 3 em vermelho. Segundo nossa tabela acima esse CPF é de algumas das regiões do Ceará, Maranhão ou Piauí. Isso é definido pelo local onde foi feito o cadastro de pessoa física.

Voltando para os dígitos VW. Para calcular V foi feito a seguinte conta: multiplica-se os nove primeiros dígitos pelos números 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 em sequencia na ordem que aparecem, e soma-se os resultados.

Calculando V

Então, temos para 410.396.173 a seguinte conta:

(4 x 10) + (1 x 9) + (0 x 8) + (3 x 7) + (9 x 6) + (6 x 5) + (1 x 4) + (7 x 3) + (3 x 2) = 40 + 9 + 0 + 21 + 54 + 30 + 4 + 21 + 6 = 185

Acima temos em negrito os primeiros 9 dígitos multiplicados pela sequencia decrescente de 10 até 2. O final da operação resulta em 185.

Agora deve-se pegar 185 e dividi-lo por 11 se atentando ao resto da divisão.

Então para conta temos que o resto da divisão de 185 por 11 é 9.

Se o resto da divisão for 0 ou 1 o primeiro digito verificador deve ser 0. Como no caso deu 9, que é maior que 1, deve-se subtrair 9 de 11.

Então: 11 - 9 = 2

2 é o primeiro digito verificador do CPF calculado.

Calculando W

Despois de calcular V, temos que calcular W. Para tanto temos os seguintes números disponível para o calculo: 10.396.173-2.

Veja que não devemos incluir o primeiro digito do CPF nessa etapa, mas devemos incluir o primeiro digito calculado 2.

Então a conta ficará:

(1 x 10) + (0 x 9) + (3 x 8) + (9 x 7) + (6 x 6) + (1 x 5) + (7 x 4) + (3 x 3) + (2 x 2) = 10 + 0 + 24 + 63 + 36 + 5 + 28 + 9 + 4 = 179

Acima temos em negrito os 9 dígitos à direita do primeiro digito 4, mas não incluindo ele e incluindo o digito 2, que calculamos ainda pouco. Todos esses números foram multiplicados pela sequencia decrescente de 10 até 2, tendo como resultado final 179, que é a soma de todas as multiplicações.

Agora deve-se pegar 179 e dividi-lo por 11 se atentando ao resto da divisão.

Então para conta temos que o resto da divisão de 179 por 11 é 3.

Se o resto da divisão for 0 ou 1 o primeiro digito verificador deve ser 0. Como no caso deu 3, que é maior que 1, deve-se subtrair 3 de 11.

Então: 11 - 3 = 8

é o segundo digito verificador do CPF calculado.

Gerando CPF com o Excel

Agora que você aprendeu como gerar um CPF, vamos criar uma planilha em Excel que gere um CPF válido toda vez que pressionarmos F9.

Copie e cole na célula B2 em uma planilha em branco a seguinte tabela:

CPF =B4&C4&D4&"."&E4&F4&G4&"."&H4&I4&J4&"-"&J10&J18
=ALEATÓRIOENTRE(0;9) =ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
=ALEATÓRIOENTRE(0;9)
10 9 8 7 6 5 4 3 2
=B5*B4
=C5*C4
=D5*D4
=E5*E4
=F5*F4
=G5*G4
=H5*H4
=I5*I4
=J5*J4
Soma =SOMA(B6:J6)
Resto =MOD(J8;11)
=SE(J9<2;0;11-J9)
=C4
=D4
=E4
=F4
=G4
=H4
=I4
=J4
=J10
10 9 8 7 6 5 4 3 2
=B13*B12 =C13*C12
=D13*D12 =E13*E12 =F13*F12
=G13*G12 =H13*H12
=I13*I12 =J13*J12
Soma =SOMA(B14:J14)
Resto =MOD(J16;11)
=SE(J17<2;0;11-J17)

Agora que você colou em uma nova planilha do Excel, tecle F9 e veja que a sua planilha do Excel agora virou um gerador CPF.

 

Baixe o arquivo da planilha Excel grátis


Links importantes:

Consulta da Receita Federal

Inscrição do Cadastro de Pessoa Física

Envie para alguém:

https://bit.ly/gerador-cpf
https://encurtador.com.br/cdo59
https://tinyurl.com/geradordecpf



Compartilhe:


FaceFace